Melhor Operadora com Investimento em Preservação Ferroviária

Conheça as ações de preservação ferroviária iniciadas, em andamento ou concluídas 2018 pelas operadoras que enviaram seus cases:

FERROVIA TEREZA CRISTINAMRS LOGÍSTICARUMO MALHA NORTE E PAULISTARUMO MALHAS SUL E OESTERUMO MALHAS SUL E OESTEVLI

FERROVIA TEREZA CRISTINA – FTC

1) Veículo: Locomotiva Santa Fé, SKODA, 205

Serviço: Troca de Tubulação e Manutenção [Desmontagem de caixa de fumaça, Limpeza e retirada de tubulação, Troca de serpentinas, Inspeção de caldeira e ultrassom].

Investimento:
Mão de obra: R$ 12.300,00
Materiais: R$ 14.295,44
Investimento total: R$ 26.595,44

2) Veículo: Locomotiva Mikado, ALCO, 153

Serviço: Troca de chapas da caldeira, Colocação de estais e rebites, Restauro do Vagão Tender, Limpeza de tubulação.

Investimento:
Mão de obra: R$ 9.000,00
Materiais: R$ 7.976,73
Teste de força e lubrificação: R$ 200,00
Investimento total: R$ 17.177,27

3) Veículo: Locomotiva JUNG, Mikado, 5

Serviço: Inspeção técnica anual, Pequenos reparos e manutenções pré e pós viagem do Passeio Turístico Ferroviário.

Investimento:
Mão de obra: R$ 6.000,00
Acendimento para limpeza da tubulação: R$ 200,00
Investimento total: R$ 6.200,00


4) Veículo: Vagão Panorâmico (VIP)

Serviço: Restauro de maderame externo do Vagão, recuperação de aberturas e conserto de escotilhas.

Investimento:
Mão de obra: R$ 16.461,00
Materiais: R$ 4.547,70
Investimento total: R$ 21.008,70

5) Veículo: Vagão, 2
Serviço: Restauro da parte externa, troca de madeirame, colocação de um segundo banheiro, adequação do banheiro já existente, colocação de reforço para fixação de poltronas e pintura.

Veículo: Vagão, 3
Serviço: Confecção de poltronas novas, pintura interna e externa e restauro dos braços originais das poltronas.

Investimento:
Mão de obra: R$ 5.000,00
Materiais: R$ 10.000,00
Investimento total: R$ 15.000,00

6) Veículo: Vagão Escritório

Serviço: Preparação para o restauro do novo escritório

Investimento:
Mão de obra: R$ 9.540,00
Materiais: R$ 10.932,42
Investimento total: R$ 20.472,42

Voltar


MRS LOGÍSTICA

A MRS acredita que o investimento em Patrimônios Históricos relacionados à cultura ferroviária é essencial para o reconhecimento do modal como fonte de desenvolvimento no passado, no presente e no futuro.

Assim, durante o ano de 2018, este compromisso se traduziu no apoio direto para a execução de nove projetos, realizados em diversos municípios de seus três Estados de abrangência.

No Estado de São Paulo, foram priorizados os projetos de Restauro da Estação de Campo Grande e da Torre do Relógio de Paranapiacaba, ambos no município de Santo André, além do apoio significativo para o projeto de Restauro de Trens Antigos, que prevê a utilização sociocultural de locomotiva como biblioteca móvel.

Em Belo Vale, Estado de Minas Gerais, investimos no restauro de dois casarões, que compõem o complexo histórico do município, assim como no Restauro da Estação Ferroviária de Conselheiro Lafaiete, município de Conselheiro Lafaiete, inaugurada como Museu Ferroviário, em 2018.

Barra do Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin e Resende são municípios dos Estado do Rio de Janeiro que receberão nos próximos anos Estações Ferroviárias restauradas e plenamente adequadas ao uso sociocultural. Os projetos executivos, realizados durante o ano de 2018, já produziram impacto e sentimento de orgulho nas comunidades e em nossos colaboradores.

Voltar


RUMO MALHAS NORTE E PAULISTA

  • Doação de uma locomotiva e um vagão para o Museu de Logística da Esalq – Piracicaba
  • Recuperação de 2 carros de passageiros.
  • Recuperação da locomotiva 7202 para a ABPF-SP
  • Apoio à circulação do Trem Caipira, em São José do Rio Preto
  • Realização do Trem Iluminado de Natal – Expresso Paulista, com utilização da histórica locomotiva 7202, em parceria com a ABPF, nas seguintes localidades

São José do Rio Preto – Engenheiro Shimitt – Cedral – Uchoa – Catigua – Catanduva – Pindorama – Santa Adélia – Cândido Rodrigues – Taquaritinga – Santa Ernestina – Dobrada – Matão – Bueno de Andrada – Araraquara – Ibaté – São Carlos – Itirapina – Rio Claro – Santa Gertrudes – Cordeiropolis
Limeira – Americana – Nova Odessa – Sumaré – Hortolândia – Campinas – Valinhos – Vinhedo – Louveira – Jundiaí – Varzea Paulista – Campo Limpo Paulista – Botujuru – Francisco Morato – Baltazar Fidélis – Franco da Rocha – Caieiras – São Paulo – Perus – Vila Aurora – Jaraguá – Vila Clarice – Pirituba – Pirqueri – Lapa – Água Branca – Barra Funda – Luz – Brás – Tatuapé – Engenheiro Goulart – USP Leste – Comendador Ermelino – São Miguel Paulista – Jardim Helena – Itaim Paulista – Jardim Romano – Itaquaquecetuba – Engenheiro Manoel Feio – Aracaré – Poá – Calmon Vianna – Suzano – Mogi das Cruzes – Jundiapeba – Braz Cubas – Estudantes – César de Souza – Sabaína – Guararema – Luiz Carlos

Alguns links:

https://www.radiosanca.com.br/2018/12/19/trem-iluminado-atrai-milhares-de-pessoas-em-sao-carlos-sp-assista/?fbclid=IwAR3H2J8hT-no_S0wCpLc2w3b4FGQT8cGENK7uTZ2vP1O5rnXEL4FhENLMeI

https://tribunadejundiai.com.br/noticias/cidades/jundiai/5952-trem-iluminado-de-natal-chega-a-jundiai-neste-sabado-22?fbclid=IwAR110ujqqu0479aGY728VRxSi4Xn0bEUPB_Qp5cYOXP5zlBeh9q-qBOg4S8

https://www.jr.jor.br/2018/12/22/trem-iluminado-alegra-publico-na-estacaozinha/?fbclid=IwAR3Ozx34kmtNdrm9wItg4oPzgLRneAWWOm5MK2wNWlCDpIv89-Trf0f0b_4

https://www.facebook.com/daniela.silvestroni.35/videos/312852856230927/

Voltar


RUMO MALHAS SUL E OESTE

  • Apoio na recuperação da Maria Fumaça 11.
  • Início das negociações para o retorno do trem turístico no trecho Morretes/Antonina, no Paraná
    Doação da locomotiva G12 4262 para a ABPF SC.
  • Doação de uma bitruca para a Prefeitura de Santo Ângelo.
  • Doação de 3 locomotivas históricas para a ABPF.
  • Incentivo e apoio à realização de passeios turísticos especiais, com a Maria Fumaça Mallet, em cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.
  • Realização do Trem Iluminado de Natal, com utilização das históricas locomotivas a vapor 11 e Mallet, em parceria com a ABPF, nas seguintes localidades:

Rio Negro – Mafra – Itaiópolis – Lages – Vacaria – Santa Tereza – Guaporé – Passo Fundo – Teotonia – Colinas – Paverama – Jacuí – Estiva – Restinga Seca – Cruz Alta – Santo Angelo – Ijuí – Cruz Alta – Julio de Castilhos – Itaara – Santa Maria – Santa Maria – Rio Pardo – Canoas – Esteio – Canoas – Esteio – Roca Sales – Muçum – Vacaria – Lages – Monte Castelo – Rio Negrinho – Corupá – São Francisco do Sul – Araquari – Joinville – Guaramirim – Jaraguá do Sul – São Bento do Sul – Rio Negrinho – Estribo Ahú – Alto da XV – Curitiba – Rodoviária – Paranaguá – Alexandra – Morretes

Alguns links:

https://www.facebook.com/rumoaonatal/

https://www.facebook.com/memoriaferroviariaeturismoferreo/videos/2143950669155665/

https://www.facebook.com/rafaelgreca/videos/780933878939949/

https://diariodamanha.com/noticias/maria-fumaca-mallet-circula-pelo-rio-grande-do-sul/

https://www.informativo.com.br/geral/trem-turistico-faz-primeiro-passeio,287450.jhtml

Voltar


TRANSNORDESTINA

A FTL assinou com a Prefeitura de Fortaleza, no dia 8 de outubro de 2018, uma APU (Autorização de Permissão de Uso) em que cede um vagão para uso como biblioteca pelo Poder Municipal.

Após ser revitalizado pela FTL, o vagão foi instalado na Estação Otávio Bonfim, inaugurada em 1922 pela Rede de Viação Cearense (RVC), local onde nos dias atuais residem familiares de antigos ferroviários.

A cessão é válida enquanto durar a concessão da FTL (até 2027). O projeto faz parte da requalificação do local e vai ter um acervo com livros da história dos ferroviários. A ideia é abrir o espaço para visitações de escolas, conforme a Secretaria Regional I.

Voltar


VLI

Comprometida com a transformação da logística no Brasil, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais, a VLI valoriza e investe na preservação da memória ferroviária e do patrimônio brasileiro.

Em linha com seu compromisso com a preservação do patrimônio histórico, a VLI é a patrocinadora do projeto de Restauração Arquitetônica do casarão da matriz da extinta RFFSA, uma realização do Governo Federal por meio do Ministério da Cidadania, e da Multi Cult Promoções Ltda, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, investindo R$ 1,8 milhão no restauro.

Construída nos anos 1910, inspirada no estilo Art-Decó, a edificação sediou a matriz da Rede Ferroviária Federal S/A (RFFSA), e por estar localizada na região diretamente relacionada à fundação de Belo Horizonte, sua importância histórica é fundamental não só para a preservação da memória ferroviária, mas para a história de Belo Horizonte. Os vagões que ficam do lado externo do edifício também serão expostos totalmente recuperados.

Além disso, a VLI opera e preserva o Complexo Ferroviário de São João Del Rei. A Maria Fumaça é uma das principais atrações das cidades mineiras de São João Del Rei e de Tiradentes, um trecho de 12 km remanescente da antiga malha em bitola de 0,76m da Estrada de Ferro Oeste de Minas, única “bitolinha” em operação no mundo.

Por mês, cerca de 8 mil turistas do Brasil e do exterior realizam a viagem entre as duas cidades. A presença da ferrovia tem impacto altamente positivo sobre a economia da região, movimentando os setores de hotéis, pousadas, restaurantes e estimulando as artes e a gastronomia mineira.

Confira nos links abaixo a história de dois importantes ativos da memória ferroviária brasileira e ações da VLI para preservá-los.

http://www.revistaferroviaria.com.br/premiorf/Case_Trem_Turistico_VLI.pdf


http://www.revistaferroviaria.com.br/premiorf/Case_Casarao_VLI.pdf

Voltar